06 junho 2014

Sobre a dor da tatuagem

Oi gente, tudo bem? Dia desses eu prometi aqui no blog que iria fazer uma postagem sobre a dor da tatuagem. Muita gente gosta da arte, mas tem medo de passar pela dor. Então, vamos lá saber como é o processo dessa arte no corpo?
-------

E a tatuagem, dói muito? Não é nada fácil descrever a dor de uma tatuagem, até mesmo porque cada pessoa reage de uma forma, e varia de pessoa pra pessoa, cada um consegue suportar de uma maneira diferente. Na hora de tatuar, muitas pessoas levam em consideração a dor na hora de tatuar. Os motivos para se fazer uma tattoo são os mais diversos possíveis: estético (para cobrir imperfeições como estrias), pessoal, como algo ou alguém que marcou a sua vida... sempre lembro dessas sábias palavras do J. Depp abaixo:


“Sempre entendi a tatuagem como uma forma de arte e todas as vezes a fiz com essa intenção, como um registro daquilo que sou, uma espécie de diário. O corpo da gente é nosso diário.”
Johnny Depp


Falando de uma questão mais técnica, o processo da tatuagem é doloroso por fazer uma leve lesão nas camadas epiderme e na derme da pele. As áreas com mais músculo e /ou gordura doem menos do que aquelas partes do corpo com uma alta concentração de nervos, com ossos apenas e ainda algumas zonas erógenas.

Não há um lugar do corpo específico onde se sente mais dor. Existem áreas mais dolorosas e sensíveis por estarem localizadas em proeminências ósseas e também nos tendões (como as mãos e os pés), onde os feixes nervosos são mais superficiais ou onde o tecido gorduroso é mais escasso.

Saiba se é isso que você quer realmente

Tatuagem é pra quem não tem pelo quê se arrepender. Na maioria das estórias que ouvi, muitas das pessoas que se arrependeram da tatuagem que fizeram, foi porque fizeram por impulso ou porque optaram por desenhos iguais a de artistas, nome de namorado (a) ou ‘seguiu a moda’ e fez uma tattoo que todos estavam fazendo... Nada contra quem faz esse tipo de tatuagem, mas se você resolve fazer uma tem que decidir se você quer isso mesmo, ou se é apenas algo efêmero na sua vida. (A não ser que você queira e possa retirar a laser, a tatuagem é pra sempre.).

Se arrependeu da tattoo, e agora José?


Calmas, calma. Hoje em dia existem vários métodos de se ‘livrar’ de uma tatuagem que não te agrada mais.

Laser – Esse processo vaporiza a camada superficial da pele e espera que o sistema imunológico do tatuado absorva o pigmento. A remoção de tatuagem a laser é mais fácil em tatuagens pretas. Segundo alguns pacientes, a dor da remoção de uma tattoo é maior do o próprio processo da tatuagem. As consequências desses processos são ruins: nem sempre a tattoo é totalmente removida e no local pode ficar marcas como manchas e resquícios de tinta.

Cover- up – Cover-up é a técnica utilizada para cobrir uma tatuagem com outra tatuagem. Os motivos para as pessoas realizarem esse procedimento são os mais diversos como cobrir tattoos mal feitas ou porque a tattoo não significa mais nada na vida do tatuado.

Locais do corpo (intensidade da dor)

Lugares com maior probabilidade de dor: Próximo aos órgãos genitais, parte interna da coxa, tornozelo, pés e mãos, centro das coxas, costelas, peito, o pescoço, a espinha dorsal e lombar.
Lugares com menor probabilidade de dor: A parte superior das costas, os braços, a barriga da perna e o exterior da coxa são as áreas que são menos doloridas.

Com a imagem abaixo, podemos ver a intensidade da dor no corpo ocasionada pela tattoo. Se você está com medo da dor e mesmo assim quer fazer uma tattoo, pode levar em conta o infográfico abaixo:

Fonte: Site Mundo das Tatuagens.

Fonte: Site Mundo das Tatuagens.


Minha experiência com a tattoo.

Local do corpo: escápula (pá das costas).
Estilo: Old School

Gente, já faz quase um ano, mas eu ainda me lembro, hehe! fiz resenha aqui no blog sobre a minha tattoo, só clicar AQUI.
Essa é minha primeira tatuagem e por enquanto a única que tenho. Depois dela eu engravidei e não podia nem pensar em fazer outra. 

Na hora de tatuar eu não levei em conta o local que doeria mais ou menos, a questão foi mais estética mesmo, onde iria ficar mais legal e bonito. Visualizando o mapa da dor feminino, (imagem acima), o local onde tatuei representa uma dor mediana. 

Para uma primeira tatuagem, eu acho que escolhi uma muito grande e num local um pouco sensível. Durante o processo de tatuagem eu sentia dor e cócegas, por ser uma região do meu corpo um pouco sensível. Mas a dor não é nada que eu não pudesse suportar, afinal, sempre tem aquela pausa em que o tatuador limpa o excesso de tinta na tatuagem para poder continuar o processo. Mesmo assim, meu marido (tatuador), teve que me dar uns pequenos ‘carões’ pra ver se eu me acalmava no começo (é que eu ficava hesitando começar a tatuagem, hahaha). É muito importante você manter a calma, e pensar sempre na dor como uma passagem pro seu resultado final: a sua tattoo.

Falando em técnica pra passar a dor, eu estava com minha blusa na mão, então, toda vez que ele ligava a máquina pra fazer um traço eu mordia a blusa com toda força. ahahhah. Era o único modo que eu conseguia sentir que eu ia suportar aquilo tudo.

É claro que pelo tatuador ter sido meu marido, eu me senti bem mais à vontade. Não sei se isso é bem um ponto positivo, porque isso me fez ficar bem mais chatinha, perguntando coisas como: "Tá acabando? Falta muito?" esse tipo de coisa que o tatuador não gosta de ouvir.  O profissional quer se concentrar em cada linha de sua tattoo, então é importante você manter a calma, segurar firme, e deixar ele te impressionar com o resultado da tattoo!

Mesmo passando pela dor, eu desejo sim fazer mais algumas, e espero que em breve. *--*
Aqui embaixo vocês podem ver o resultado. Essa foto foi tirada com uma semana depois que eu fiz a tattoo:

Foto julho, 2013.


Dicas para suportar a dor:

· Nunca beba antes ou durante uma tattoo: o ato afina o sangue, fazendo você sangrar mais durante o processo. E nenhum artista gosta de um cliente bêbado.

· Alimente-se bem antes da tatuagem. É bem melhor pro seu organismo suportar a dor. Beba bastante água antes e depois do processo.

· Mastigue algo, como um chiclete por exemplo. Sua mente ficando focada em uma ação repetitiva diminui a quantidade de dor que se pode registrar (essa é uma técnica realmente usada por soldados quando estão sendo torturados.)

Bem galera, eu espero ter tirado algumas dúvidas ou pelo menos ter deixado vocês com vontade de fazer uma tattoo! Pense em algo que marcou sua vida, ou que você goste muito, algo que te inspira a vida., porque sua tatuagem ainda vai contar muitas estórias...

Espero que tenham gostado do post e aproveitando a deixa, me contem sobre suas tatuagens, como foi  a experiência de ser tatuado pela primeira vez ou se tem vontade de fazer uma.

Bloody Kisses :*

Tatuagem é arte e a dor faz parte!
Fontes: Mundo das tatuagens, Ehow


Nenhum comentário :

Postar um comentário

Olá, deixe seu comentário. Sua opinião é muito importante para o blog! :*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Oh May Goth © 2015 Todos os direitos reservados. imagem-logo